Arquivo da tag: acrílica

Acrílica

Quem já trabalhou com essa tinta sabe que o maioooooor problema dela é a tendencia de virar plástico antes que você consiga usar as cores que misturou. Principalmente se está calor, principalmente se você mora no Brasil. Pois bem, há anos eu tinha visto uma paleta mágica que prometia deixar água passar do reservatório em baixo da área pra tinta para a tinta itself, deixando-a hidratada por tempos e tempos. Parecia uma coisa muito mirabolante e não botei muita fé, mas fui pesquisar e É MUITO FÁCIL FAZER EM CASA! Já fiz a minha e funciona muito bem! Tenha você também essa alegria:

Passo a passo

Dai que pra testar acriliquei (existe o verbo aquarelar, porque não acrilicar?) uma ideia antiga.

Carrocel pégasus
Clica na imagem pra ver ela gigante e cheia de texturinhas gostosas de tinta.

E é isso por agora.

Anúncios
Etiquetado , , , ,

E ai?

Tudo bem com vocês, pessoal? ~tira teia de aranhas do cantinho~ Não é bem que eu tenha esqucido do desenhos ~abre a janela pra deixar a luz entrar~ é só que ~cof!cof! quanta poeira!~ enfim…

Praticamente acabei o caderno que fiz em novembro passado (= faltam duas folhas de papel de aquarela e outras pro final que estou disposta a ignorar e deixar vazias). Então tenho bastante coisa pra mostrar, encarem os posts como recaptulações das páginas não mostradas deste livro.

Começando pelas acrílicas, que têm me deixado feliz.

superhomem1
A primeira página do caderno, o meu primeiro super-herói.

elefante_acriica
Um elefante e sua amiga vestida da cor complementar, pra mostrar que aprendi muito com Rebeca Luciani .

balairinas
Bailarinas, que me mostraram que é necessário ir e voltar num desenho até que ele fique gordinho de verdade.

boia
E, por fim, a musa do meu novo cartão de visitas. (Mais sobre isso, em um próximo post.)

Etiquetado , , , , , ,

Minha sobrinha adora dinossauros

Desde que virei tia (ou fiquei pra, se você preferir o verbo mais maldoso) minha pequena sobrinha aparece nos meus desenhos. De um jeito ou de outro. Por exemplo nesse aqui:

Crianças brincando

Culpa dela eu querer montar uma criança num camaleão, mesmo antes de ter visto mesmo o trailer de Rango (Veja no cinema, vá hoje mesmo. Sério. Mesmo.)

Mas a menina com o cachorro nas costas eu vi na Paulista – essa cidade é uma delícia pra esse tipo de coisa.

A árvore é mais uma confirmação de que árvores são difíceis de desenhar e a menina ratinha com o gato uma piadinha fácil.

Etiquetado , , , ,